Browse By

Parte 2 – O QUE HÁ DE ERRADO COM OS MÉDICOS

    Imagem relacionadaSe você já viu ou usou um guia de referência para um médico, pode não ter percebido que as informações são fornecidas pelos fabricantes. São informações semelhantes aos folhetos informativos pela Food and Drug Administration (FDA) – Administração de Drogas e Alimentos, USA – quando as empresas embalam seus produtos para o farmacêutico. Entretanto, ao contrário dos pacotes feitos para os profissionais, fatos essenciais que podem levar ao mau uso são omitidos ou apresentados parcialmente. Não é por culpa do editor ou dos compiladores. É o resultado do controle dos fabricantes sobre quais informações a respeito de seus produtos serão disponibilizadas.

    Da mesma forma, quando médicos ganham amostras de remédios dos representantes de venda, eles estão sendo guiados no tratamento de doenças por pessoas que têm interesses em jogo.  

    Somando-se ao problema há o fato de que a indústria farmacêutica faz anúncios diretamente para os consumidores. Revistas de âmbito nacional, grandes jornais, televisão e rádio anunciam medicamentos para problemas cardíacos, artrite e outras enfermidades comuns. Esses anúncios estimulam as pessoas a pedirem o remédio a seu médico. Eles conduzem seu pensamento e dizem para elas o que devem exigir. Como resultado, a maioria dos médicos não dá importância aos remédios naturais, seja porque não sabem nada a respeito deles, seja porque seus pacientes pedem algo diferente.

    Resultado de imagem para 10 Remédios Naturais Que Podem Salvar Sua VidaTexto acima tirado da obra do Dr. James F. Balch, M.D.; livro “10 Remédios Naturais Que Podem Salvar Sua Vida” 

     

    Sistema Raiz da Vida Além da Inteligência NutricionalElizabethe Milwaard – Professora de Consciência Nutricional e Mentóloga; Criadora do Sistema Raiz da VidaDr. Edvaldo Tavares – Médico, CRM/DF – 7265 e CRM/SE – 4897; Jornalista, DRT 2175; Diretor Executivo e Diretor Técnico do Sistema Raiz da Vida           

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    5 × três =