Browse By

MUDANÇA E EVOLUÇÃO

    Se observarmos as atitudes da maioria das pessoas atualmente notaremos que o seu nível de freqüência evolutiva mudou muito pouco desde o inicio da civilização humana.

    Resultado de imagem para evolução humana gifsNaquela época as pessoas usavam somente os cinco sentidos primários para sobreviverem: audição, visão, paladar, olfato e tato. Na verdade, não era preciso mais do que isso, já que seu objetivo era se manter na disputa por poder, comida e sexo. É lamentável que depois de algumas centenas de milhares de anos, muita gente continua usando só os sentidos primários e disputando as mesmas coisas.

    Se formos comparados com alguns animais, houve sim, uma grande evolução. Hoje podemos dizer que andamos eretos, aprendemos a nos comunicar através das palavras, mas em relação aos nossos valores humanos não aprendemos nem mesmo a conservar o nosso próprio Planeta. O que é pior, não temos mais tempo para continuarmos evoluindo, precisamos alterar a nossa maneira de pensar e agir urgentemente, antes de sermos extintos. Mas para isso, precisamos aprender pelo menos a diferença das palavras Mudança e Evolução. Mudança significa: remover, trocar, alterar, modificar algo; enquanto, Evolução significa: deslocamento gradual e progressivo.

    Nas escalas ou freqüências vamos descobrir a capacidade evolutiva das pessoas. Esta capacidade é medida de acordo com o uso das funções. Em cada freqüência notaremos a função que se usa com mais intensidade. Na primeira escala nota-se que são usadas as funções: motora e instintiva; enquanto na segunda escala as funções mais usadas são: a emocional e instintiva. A terceira escala foi desenvolvida praticamente na função intelectual, mas sem questionamento e, também faltou o discernimento.

    Imagem relacionada

    1- A primeira escala é movida pelo sacrifício e dor. Nesta escala as pessoas não enxergam nada além da estética física. Lutam desesperadamente por um corpo perfeito, nem que isso lhe custe a própria vida. O que conta mesmo é o prazer de ser belo e escultural. Esta é a escala do faquir.

    2- A segunda escala é da obediência e fé. As pessoas acreditam em coisas ridículas em nome da perfeição espiritual. Nesta freqüência não precisa pensar e nem fazer nenhum esforço para alcançar a salvação, basta só acreditar, que tudo estará resolvido. Pode-se assim dizer que é a escala do monge, que é também a do exagero emocional.

    3- A terceira escala é do progresso cientifico e tecnológico, do saber artificial, da consciência limitada, onde se aprende copiando e imitando o outro. As pessoas desta freqüência são extremamente exageradas no que sabem e raramente questionam o seu saber. Apesar de usarem muito a função intelectual, agem sempre com a cabeça do outro. Tudo precisa estar cientificamente comprovado.

    4- A quarta escala é da confusão mental, das crenças indefinidas. Esta freqüência é uma das piores para quem quer mudar e não encontra alguém que lhe mostre a direção correta rumo ao auto-desenvolvimento. Nesta escala há muitas perguntas e poucas respostas. A maioria das pessoas não consegue ultrapassar esta freqüência, por que não sabe ou tem preguiça de pensar e termina voltando para as suas crenças antigas e se acomoda, esperando a próxima encarnação, quando não enlouquecem no meio do caminho. É muito comum encontrar pessoas que fazem confusão com as funções emocional e intelectual. Às vezes acham que estão pensando, quando na verdade estão sentindo. Outras vezes estão sentindo, mas na verdade estão pensando.

    5- A quinta escala é a do uso correto das funções. Nesta freqüência as pessoas já conseguem saber a finalidade de cada uma delas (instintiva, motora, emocional e intelectual) e também já aprenderam a analisar tudo que pensam e sentem.

    6- A sexta escala é do alinhamento das funções intelectual e emocional. Nesta freqüência as pessoas já têm plena consciência de seus verdadeiros valores e de sua finalidade no Universo. Sabem também a diferença de consciência, memória e concentração, e, conseguem acessar os seus sentimentos de maneira construtiva. Chamamos isso de ápice da evolução humana. 24-12-2010

    Resultado de imagem para O poder da visão Vídeo: https://youtu.be/1pD3TkQq7zI

    Sistema Raiz da Vida Além da Inteligência NutricionalElizabethe Milwaard – Profª de Consciência Nutricional e Mentóloga; Idealizadora do Sistema Raiz da VidaDr.Edvaldo Tavares – Médico – CRMDF 7265 e CRMSE 4897; Jornalista, DRT 2175; Diretor Executivo e Diretor Técnico do Sistema Raiz da Vida

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    15 − 12 =