Browse By

A AGRICULTURA TEM SETE MIL ANOS OU MAIS DE EXISTÊNCIA

    – É o que os estudos sussurram.

    As civilizações antigas acreditavam que “Deus Todo-poderoso plantou o primeiro jardim”. Assim criam os egípcios; o Deus era Osíris. O rei Kintu era o de Uganda. No Taiti era o Ufanu e, no Brasil, o conhecidíssimo Tupã.

    Antes da agricultura, os seres humanos primitivos alimentavam-se da caça, de folhas, raízes e dos frutos comestíveis, tudo colhido na natureza. Isto é registrado como ocorrência de desde 50.000 anos a. C., quando o comportamento humano era semelhante ao dos animais. Enquanto os homens caçavam, as mulheres procuravam ervas, frutas e raízes, escavando o solo e pesquisando árvore. Durante a procura no solo, as mulheres encontraram, por volta de 6000 anos atrás, sementes que resultaram no trigo e na cevada. Elas plantaram as sementes e obtiveram um bom alimento. Descobriram também o feijão, arroz, milho, inhame, a ervilha, cabaça, mandioca, lentilha e assim por diante.

    As civilizações surgiram como conseqüência da agricultura que fixou o homem ao solo. Fixo, o homem passou a domesticar ovelhas, cabras, camelos, vacas, porcos que forneciam leite e carne, além de servirem como transporte. Por diversas razões, entre elas as geográficas, climáticas ou sociológicas, ainda nos dias modernos, hão povos primitivos espalhados pela Arábia, Mongólia, África e Austrália central, que não cultivam a terra.

    Quem criou a agricultura? Foi a mulher. E, portanto, ao fixar o homem, seu companheiro, ao solo, foi responsável pela evolução e desenvolvimento da humanidade.

    Os celeiros descobertos, datados de mais de 11 mil anos, assinalados no artigo do O&N, http://opiniaoenoticia.com.br/vida/os-celeiros-vieram-antes-da-agricultura/#toggleText2, com pouca probabilidade de erro, na Jordânia, próximo ao mar Morto, podem ser atribuídos à percepção sutil e inteligência das mulheres daquele Período Neolítico (pedra polida).

    Pode ser dito, como fecho final, que a mulher foi protagonista de alta relevância e assumiu papel preponderante para que hoje, possamos usufruir do lado bom do conforto e bem-estar da evolução humana.     DEZ 24, 2010   

    Sistema Raiz da Vida Além da Inteligência NutricionalElizabethe Milwaard – Profª de Consciência Nutricional e Mentóloga; Idealizadora do Sistema Raiz da VidaDr. Edvaldo Tavares – Médico; CRMDF 7265 e CRMSE 4897; Jornalista, DRT 2175; Diretor Executivo e Diretor Técnico do Sistema Raiz da Vida 

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    5 × dois =